Dicas para Economizar no Material Escolar

Olá! Final de ano chegando, renovação de matrícula nas escolas e  a lista de materiais em mãos dos pais! E agora? O que fazer para economizar na hora das compras? O que não pode constar na lista?

Pensando nessa dificuldade que os pais enfrentam, separei algumas dicas para compartilhar.

1. Reaproveite o que já tem

A lista de material escolar parece não ter fim: lápis, canetas, borrachas, tintas, papeis de diversas cores, avental..urfa!

Não se desespere e nada de sair correndo para comprar!

Primeiro releia a lista de material escolar com calma e procure ver quais itens você tem em casa ou podem ser reaproveitados do ano anterior. Muitos itens não são usados na totalidade e você pode muito bem reaproveitar.

Se os filhos forem mais crescidinhos, essa é uma ótima oportunidade para ensiná-los sobre reaproveitamento de materiais, consumo consciente e economia! Envolva-os nesse momento promovendo educação financeira.

2. Não deixe para a véspera

Comprar com antecedência é sempre a melhor opção quando estamos falando de material escolar. Deixando as compras para mais próximo do começo das aulas além de encontrarmos lojas super cheias, teremos que lidar com os reajustes de preço do mercado nessa época.

Então, sugiro que as compras do material escolar sejam realizadas 1 mês antes, pelo menos, evitando assim o estresse de lojas cheias, preços reajustados. Além disso, com antecedência, terá  mais disposição para pesquisar preços em várias lojas.

3. Compras coletivas

Comprar em quantidade os itens do material escolar também é uma ótima opção. Converse com outros pais para que participem da compra e assim todos sairão com boas economias.

Nesse caso, você pode organizar uma comissão de pais, cada um poderá entrar em contato com uma livraria, pedir o orçamento e negociar preços.

4. Negocie com as lojas

Ainda que você não tenha organizado um grupo para comprar coletivamente os itens do material escolar, negocie com as lojas! Apresente os orçamentos pesquisados e negocie.

Cada item que seja, mas as lojas tendem a baixar os preços quando vêm os orçamentos das concorrentes.

5. Compre sob demanda

Uma boa opção é conversar com a escola qual a previsão de uso de cada material. As escolas costumam fazer o planejamento do ano pedagógico antes de elaborarem a lista de material escolar, portanto, elas já sabem quando cada material será usado nas atividades.

Se essa for uma alternativa viável para as partes, você poderá entregar os materiais periodicamente, mas isso exigirá organização extra para não deixar de entregar na data correta.

Eu, particularmente, prefiro entregar de uma só vez e não ter que me preocupar com os materiais durante o ano.

IMPORTANTE – Dicas extras

* Fuja dos personagens do momento

Se seu filho ainda é pequeno, você que precisa ter essa disciplina! A gente acaba querendo comprar tudo do Mickey ou da Branca de Neve, diz se não é verdade? rs Porque temos memórias boas da infância e queremos passar isso para os filhos.

Mas, lembre-se sempre que não são os personagens que fazem essas memórias, são os pais, irmãos, amigos brincando.

Se a criança for maior e já tiver os personagens favoritos (sim, porque você pode até tentar driblar isso por um tempo, mas eles vão aparecer por aí também), uma sugestão é que ela escolha apenas 1 item do personagem favorito e os demais itens do material escolar podem ficar sem ele e todos voltarão felizes para casa! 🙂

* Não pode constar na lista de material escolar.

É muito importante ficar atendo aos itens constantes na lista, pois algumas escolas, apesar de amplamente divulgado a proibição legal de constar itens coletivos ou de infraestrutura, algumas escolas ainda insistem em colocá-los na lista!

Então, itens como álcool, argila, balde de praia, bastão de cola quente, caneta para lousa, carimbo, copos descartáveis, dentre outros não podem ser solicitados pela escola ou caso o sejam, devem ser em quantidade limitada.

A lista completa do que não pode ser solicitado pela escola no material escolar de uso coletivo você pode conferir aqui: “Saiba o que não pode ser cobrado em lista de material escolar”

Espero que essas dicas sejam úteis para você na hora de comprar os itens da lista de material escolar!

:*

K.

 

 

 

 

Você pode gostar também

2 Comentários

    1. Nossa, muito! Mas se você conseguir reunir alguns pais para comprar coletivo, consegue alguns descontos com as lojas.

      Essa sugestão que deixei para os personagens, acredito que é uma forma positiva de respeitar a individualidade da criança e ao mesmo tempo limitar um pouco o “modismo”. De repente, o personagem pode estar num estojo, não necessariamente na mochila (que geralmente é um item bem caro). Tantos ensinamentos podemos construir nesse momento com as crianças! 🙂

      Tenho certeza que você vai encontrar um jeitinho de administrar bem esse momento 😉

      :*

      K.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *